sexta-feira, 29 de abril de 2011

Kate & William: análise do visual da noiva

Eu, claro, como grande fascinada por tudo que envolve beleza, glamour, amor e afins, sou uma das pessoas que acordou mais cedo hoje simplesmente para acompanhar, ao vivo, a transmissão da cerimônia do casamento do Princípe William, do País de Gales, e Kate Middleton. 

E, claro, como mulher, sou uma das que passou muito tempo tentando imaginar como seria o vestido usado por Kate...

Sinceramente, alimentada pelos boatos que circulavam a respeito do possível "toque de modernidade" que haveria na boda, esperava mais ousadia por parte dela, tanto quanto ao vestido, tanto quanto ao cabelo e maquiagem...

Kate Middleton sempre me pareceu uma moça fina e elegante. Nunca me pareceu extravagante, sempre a achei discreta, entretanto, também sempre a vi como uma moça que não se deixa intimidar pelo fato de relacionar-se com um membro da Família Real sem necessariamente ter a nobreza monárquica no sangue... Justamente em razão deste fato, imaginava que haveria um mínimo de ousadia na escolha de seu visual de noiva.

Entretanto, as escolhas de Kate (será que ela realmente teve liberdade para escolher? Eis algo a ser ponderado também, haja visto que a Família Real inglesa possui uma série de tradições a serem impostas) também me pareceram refletir um possível desejo de não "chegar chegando", de não se impor demais, enfim, de não causar má impressão - não para o mundo, que já a adora e tem lugar no coração para acolhê-la tal qual acolheu a falecida princesa Diana -, mas sim, para a família para a qual ela acaba de entrar.

Desde que Kate virou alvo das atenções da mídia, tenho reparado em seu estilo de se vestir, muito sofisticado, feminino, sem muita sensualidade, com toques de fashionismo aliado a um ar mais sério. Seu vestido de noiva, feito pela estilista inglesa Sarah Burton,pelo visto, não foge muito disto, apesar das expectativas e probabilidades de maior ousadia. É relativamente simples, em que pese a renda perfeitamente trabalhada na manga, colo e viés do véu. 

Inclusive, achei o vestido muito parecido com o usado pela atriz Grace Kelly, quando casou-se com o Príncipe de Mônaco, em 1956. Reparem:


Tanto Kate quanto Grace usaram reda nas mangas e no colo do vestido.



A imagem está ruim, mas se repararem bem, verão o detalhe dos tradicionais botões, iguais, embora no vestido de Kate eles ficassem nas costas.


Em suma, creio que o vestido é belíssimo e ornou bem com a personalidade de Kate: sofisticado, mas não chamativo ou demasiado diferente de qualquer coisa que já tenhamos visto, e ademais, refletiu sua atitude dotada de uma certa subserviência. A escolha de não usar um vestido moderninho, a meu ver, foi como um ato de "abaixar a cabeça" para a monarquia inglesa, uma forma de dizer: "vou fazer tudo certinho, não cheguei para gerar contendas".

Se realmente esperamos que ela fosse se atrever a usar algo mais , bem... creio que os errados fomos nós.

Um comentário:

Ronei disse...

A proncesa estava e é linda... como disse o Boechat e o Zé Simão na Band News, "casar com essa princea é fácil, quero ver alguém querer casar é com a Dilma"...rsrs...que maldade.